APRENDENDO

Conhecendo a Planilha

Em todas as prova, as equipes recebem planilhas, onde constam informações que serão utilizadas durante a competição. Estas informações são: Velocidade média, distâncias entre referências, pontos de referência e outras indicações.

O que determina a velocidade média de cada trecho, é a dificuldade encontrada nos diferentes tipos de terreno em que sera realizada a prova.

A planilha é dividida em 3 colunas. Na primeira, constam as distâncias entre as referências e as acumuladas no trecho, na segunda, as referências, e na terceira coluna, informações complementares que ajudarão na navegação.

A primeira coisa para se Navegar num Trekking de Regularidade é ter os seguintes equipamentos.
a) Bússola
b) Calculadora Simples
c) Cronômetro

Vamos aprender a calcular

Se esta é a primeira vez que você participa de uma prova de Trekking de Regularidade, entco i importante que você e sua equipe saibam calcular corretamente os tempos e metragens da prova.

Mas por que calcular tempos e metragens?
importante ressaltar que esta não é uma prova de velocidade, onde quem fizer o percurso em menor tempo é o vencedor, mas sim uma prova de regularidade, onde a vencedora sera a equipe que fizer o percurso nos tempos adequados.

Você ja deve ter percebido, então, a importância dos calculos corretos… Vamos aprender a calcular?

Seguindo o exemplo abaixo:

Vamos supor que a largada de sua Equipe sera às 9:00
A primeira referência não tem metragens, é a sua posigco de largada, a posição que você tera de estar às 9 horas!

Logo na segunda referência você ja identifica duas novas informações: o número superior é a metragem da referência, e o inferior é a metragem acumulada durante aquela velocidade média. Note que a Vm (é assim que vamos chamar a Velocidade Média a partir de agora) muda de valor de trechos em trechos.

No primeiro trecho você tera de desenvolver a Vm de 60 Metros por Minuto (ou M/Min). Ou seja, cada uma das 6 referências deste trecho devera ser percorrida com a Vm de 60 M/Min. Você tera de calcular o Horario exato de passagem em cada referência, para poder manter a regularidade da prova.

Na referência 2:
Vm: 60 M/Min
Metragem a percorrer: 46 metros
Passo 1: Divida a Metragem pela Vm
46/60 = 0,766666
Passo 2: Multiplique o resultado por 60 (número invariavel)
0,76666 x 60 = 46 segundos
Passo 3: Some ao horario de largada
9:00 + 46 = 9:00:46

Ou seja: Você tera de chegar na referência 2 às 9 horas e 46 segundos.

Vamos continuar a calcular:

Referência 3:
Vm = 60 M/Min
Metragem a percorrer: 9 Metros

  1. 9/60 = 0,15 x 60 (não esqueça, este 60 é invariável) = 9 s
  2. 9:00’46’’ + 9’’ = 9:00’55’’

Referência 4:
Vm = 60 M/Min
Metragem a percorrer: 80 Metros

  1. 80/60 = 1,333333 – perceba que neste caso existem números antes e depois da vírgula. O número antes da vírgula você deve guardar para depois – é o valor em minutos da referência!!!
  2. Multiplique os valores após a vírgula por 60 =

0,33333 x 60 = 20 segundos

Acrescente o minuto reservado acima: 1 min e 20 seg (Viu como é facil?)

  1. Some com o horário da Referência 2 =

9:00:55 + 0:01:20 = 9:02:15

E assim por diante. É importante não esquecer que:

  1. O número 60 utilizado nas multiplicações é invariável,
  2. No caso de números maiores ou iguais a 1 antes da vírgula, esse número é o valor em minutos. O que houver depois da vírgula deve ser multiplicado por 60 e acrescentado ao número antes da vírgula,
  3. Não se esqueça de somar com o horário calculado na referência anterior!!!
  4. Sugerimos que os cálculos sejam realizados antes do início da prova;
  5. Não se esqueça de ajustar seu cronômetro ao relógio oficial da prova.

Só para lembrar:

Horário = M/Vm x 60 + Horario anterior

Contagem de passos

Durante os cálculos dos horários das provas, você deve ter percebido que todas as referências possuem metragens. A mudança de referência nas metragens exatas é fundamental para o bom desenvolvimento da prova, principalmente em lugares onde os referenciais são esparsos ou confusos.

Imagine que você esta fazendo uma prova impecavel, e na metade você erra as metragens e entra no lugar errado… Aí você voltar e localizar o lugar correto vai se passar um tempo, e você ainda podera perder minutos preciosos em um PC que com certeza vai estar próximo do lugar que você errou!!! (é a Lei de Murphy, conhece?)

Agora, como você vai fazer para acertar as medidas, se é proibido o uso de trenas, réguas e similares durante a prova? Contando passos.

Como assim? Vamos ter que fazer a prova contando passos?

Exatamente. I importante que um ou dois integrantes estejam preparados para contar passos. A contagem de passos é simples, mas exige concentração e técnicas que só serão aprendidas com o tempo e a pratica.

Existem dois métodos principais para o calculo dos passos:

Método 1 (o mais simples)

Meça 3 vezes o passo simples completo de cada responsavel passo completo ocorre toda vez que seu pé direito toca o chão. Some os resultados e divida por 3 (ou o número de vezes que você mediu). Pronto, você ja tem a medida média dos passos dos integrantes. Agora, é só dividir a metragem do trecho pelo número encontrado. Pronto, você tem a quantidade de passos necessarios para realizar a prova!!

Método 2

Um ou mais integrantes devem adequar seus passos a 1 metro (este mitodo é complicado e exige treino apurado). Assim, um trecho de 45 metros sera completado com 45 passos.

Não se esquega:

  1. Sem a prática necessária, não é da primeira vez que irão acertar, portanto, treinem;
  2. Os passos variam muito durante um percurso. Tente se acostumar com as alterações dos passos em subidas, rios, etc.
  3. O rodízio de contadores cansa menos, mas em compensação quando um só faz a contagem é mais confiável e possível de corrigir os erros com o passar do tempo.

Treine os passos, escolha o melhor método e Boa Sorte!!!

Planilha Resolvida